• Pilates Ponto Norte

Princípios do Pilates para o novo ano e para a vida - 2ª Parte


Na matéria anterior, apresentamos três princípios do Pilates que também podem ser úteis no dia a dia. Veja agora os outros três princípios que também ajudarão você a descobrir e revelar a sua melhor versão em 2018.

Leia também: Princípios do Pilates para o novo ano e para a vida – 1ª Parte

Precisão


Princípios do Pilates para o novo ano e... para a vida - Blog Pilates Ponto Norte

A precisão é fundamental ao distinguir Pilates de outras atividades. Muitas vezes o exercício em si não é tão diferente de outros regimes de exercícios, mas a maneira como ele é executado faz toda a diferença. Quanto maior a precisão nos movimentos, sem gasto desnecessário de energia por meio de contrações exageradas ou deficientes, maiores serão os benefícios. Como aplicar no dia a dia. Uma das definições de precisão é a maneira exata como uma ação é executada. Se para o Pilates o importante é a execução dos movimentos, da forma mais caprichada possível, e os benefícios aparecem, isso pode ser um bom exemplo para o cotidiano. Saber exatamente o que deseja para a sua vida é fundamental em todos os aspectos. Se tem algo a realizar, comece já! E não esqueça: o mais importante não é fazer e pronto; importante é caprichar para ter um resultado eficaz. Fluidez A fluidez pode ser descrita como uma continuidade, ininterrupta, dos movimentos. Não há gasto energético desnecessário do organismo, pois à medida que a habilidade se desenvolve por meio da prática, os desequilíbrios musculares são tratados. E isso ajuda a prevenir lesões. Aliada a outros princípios como concentração e respiração, a fluidez permite o movimento natural do corpo, de modo que o praticante de Pilates passa a ter foco e a buscar o sucesso nos exercícios, e com isso alcançar sua evolução física e mental. Como aplicar no dia a dia. Use a fluidez como uma qualidade essencial para se esforçar. Não é o deixar de estar acomodado, e sim incomodar-se. Seja um exercício físico, um curso, um empreendimento, uma tarefa, tenha foco e persista. Nada é tão simples quando se começa, nem mesmo uma aula de Pilates. Mas depois de certo tempo de prática se torna tão natural quanto respirar. Isso vale para tudo, até mesmo para uma simples ideia que você nunca colocou em prática. Respiração Embora todos os princípios compartilhem igual importância, a respiração tem um papel poderoso no Pilates. É o que vai servir como um fio comum que atravessa todos os outros princípios, conectando-os. Usar a respiração corretamente é parte integrante dos exercícios e é o que ajuda a oxigenar os músculos, facilitar a estabilização da coluna e controlar os movimentos, direcionando a energia para a área que está sendo trabalhada. Como aplicar no dia a dia. Logo no início de uma aula de Pilates, o alongamento concentrado na respiração ajuda o aluno a tomar consciência das tensões do corpo e a relaxar a musculatura e preparar o corpo para a atividade. Então, quando você sentir que o rosto esquentou, a respiração mudou de ritmo, o estresse se instalou, pare e... inspire e respire algumas vezes. A respiração total vai reabastecer o seu corpo de ar fresco e fazer você se sentir revigorado. Além disso, às vezes parar e respirar fundo é a melhor solução.

* * *

A aplicação desses seis princípios é o que torna o Pilates especial e único no mundo. Que tal fazer desses os seus próprios princípios para o próximo ano?

Leia também: Princípios do Pilates para o novo ano e para a vida – 1ª Parte

#anonovo #core #princípiosdopilates

17 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Nosso Blog

Neste espaço você vai ficar por dentro de novidades sobre o método Pilates, além de informações importantes e tirar dúvidas sobre
a prática de Pilates