Guia básico
do Pilates

Na sua essência, este método é projetado para melhorar a força física, a flexibilidade, a postura e criar músculos alongados e magros.

Com a prática regular é possível mudar o modo como o corpo se comporta e sente.

Quem deve evitar Pilates
Joseph Pilates e um de seus alunos

De início se pode dizer que não há contraindicações especiais. Porém, embora o Pilates seja para todos, se você está se recuperando ou tem uma lesão séria, uma condição física especial (permanente ou temporária), consulte seu médico antes.

 

Não são os instrutores, mesmo os mais qualificados, os profissionais indicados para dizer se você está apta a praticar Pilates.

* * *

Disse Joseph Pilates: “Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você terá um novo corpo.”

 

Ou seja, você vai ver os benefícios mais rápido se fizer as aulas com regularidade, no mínimo, uma ou duas vezes por semana. Com a prática continuada se reforça a concentração, a atenção e a memória porque o Pilates exige estar atento à precisão de cada movimento.

O que o Pilates pode fazer para o seu corpo

O Pilates pode fazer coisas incríveis para o seu corpo, até mesmo afinar a sua silhueta, mas não é uma técnica de perda de peso. Para isso, você precisa se ajudar, mudando alguns hábitos e melhorando a alimentação. Porém, saiba que há uma razão pela qual os dançarinos de todos os tipos têm o Pilates como preferência.

 

Ao contrário de outros tipos de treinamento de força, as aulas regulares de Pilates alongam os músculos, e isso, por si só, já ajuda a parecer mais alto e mais alongado.

Além do mais, se você é corredor, jogador de futebol, nadador ou apenas pratica esportes, o método também ajuda a melhorar a flexibilidade e a mobilidade articular, reduzindo as probabilidades de uma lesão.

 

Para a dor lombar, por exemplo, que afeta tantos, os exercícios de Pilates podem fazer maravilhas, principalmente porque esse tipo de dor é frequentemente causado por músculos fracos na região abdominal e pela má postura.

 

E já que falamos em postura, saiba que Pilates também é a solução ideal para os maus hábitos posturais. Na verdade, concentrando-se em alongamento, força e abertura de grupos musculares encurtados, já até o final de sua primeira aula você sentirá melhora em sua postura. Isso é o que se chama resultado.

A postura é beneficiada pelo Pilates
3 de 3