Muitas coisas contribuem para o programa de Pilates ideal, incluindo o condicionamento físico do aluno e suas metas.

 

Entenda o que a memória tem a ver com essa questão e, claro, Pilates.

Mas... não é bem assim

As células musculares possuem em seu interior uma série de núcleos. Para crescer, essas células precisam de mais núcleos, que são formados a partir de células “reservas” que ainda não se transformaram em uma célula muscular, e sim se encontram ao redor desta.

 

Para se juntarem aos núcleos já existentes, essas células precisam se multiplicar e passar por um processo de diferenciação. Os exercícios, principalmente os de força, são ótimos para estimular esse processo.

Um estudo realizado em 2010 por pesquisadores da Universidade de Oslo, na Noruega, causou uma reviravolta no assunto ao afirmar que na verdade os novos núcleos celulares obtidos com os treinos permanecem onde estavam por até 3 meses.

 

Ou seja, ainda que a pessoa fique sem se exercitar durante 90 dias, ao retornar, seus músculos não irão reagir da mesma maneira que a sua primeira vez realizando a atividade física. Ao contrário, eles resgatam núcleos criados durante a prática, tornando a execução mais fácil.

Memória muscular

Tal como acontece com todas as memórias, a memória muscular é retida e armazenada em padrões de memória no sistema nervoso central. A realização de um comportamento algumas vezes pode formar um padrão na memória de curto prazo, padrão que é facilmente esquecido após alguns minutos. Porém, quando repetimos um comportamento, vamos conservar o padrão e armazená-lo na memória de longo prazo, onde pode permanecer por toda a vida.

A repetição é a chave para a transferência da memória muscular de curto prazo para a memória de longo prazo. Essas memórias de longo prazo alteram a estrutura das vias neurais, de modo que a memória muscular possa ser recuperada.

Para compreender melhor, imagine essas vias como um riacho que corre por uma montanha. Se o fluxo é executado algumas vezes após uma chuva pesada, mas permanece seco o resto do ano, o leito permanece superficial e instável.

 

Se o fluxo corre fortemente dia após dia, o leito se torna mais profundo e pode até mesmo evoluir para um elemento permanente ao lado da montanha. A mesma coisa acontece com as vias neurais durante a formação de memórias de longo prazo.

A memória muscular é aquela que permite uma resposta do músculo durante a atividade física, mesmo em situações em que permaneceu certo tempo sem ser estimulado.

2 de 4
Faça uma visita ao nosso studio

Avenida Dom Helder Câmara 5.644 - Sl. 1017

Cachambi, Rio de Janeiro-RJ

contato@pilatespontonorte.com.br

Tel.: 21 3046-3025

Para que você conheça melhor o nosso trabalho, na aula experimental fazemos um programa específico para cada aluno, numa série introdutória com 40 minutos de duração.

@2017. Todos os direitos reservados.

+55 21 97378-6398

ALONGAMENTO - TRATAMENTO DE DORES CRÔNICAS - FORTALECIMENTO MUSCULAR - MELHORA DA POSTURA E DA OSTEOPOROSE COM AUMENTO DA DENSIDADE ÓSSEA